sexta-feira, 18 de março de 2011

Como cozinhar os alimentos sem perder nutrientes

É indiscutível a importância dos vegetais e hortaliças nas refeições: ameniza os sinais de envelhecimento, ajuda a manter cabelos, pele e unhas saudáveis, protege contra o câncer e auxilia na eliminação de ácido úrico.

Porém, com o cozimento alguns nutrientes são perdidos. Contudo, não devemos desanimar, pois os nutricionistas afirmam que muitos nutrientes ainda são mantidos quando os vegetais são levados ao fogo, e seus benefícios aparecem nas mesmas proporções para o organismo.

Para ajudá-la nesta tarefa, o Saúde, Beleza e Mais ensina a maneira correta de manter as propriedades importantes de alguns alimentos.

Brócolis
Rico em vitaminas C e A e ainda tem minerais como cálcio e ferro, folato (que afasta anemias) e bioflavonoides, que protegem contra o desenvolvimento de tumores. A melhor forma de cozinhar um vegetal rico em vitamina C é no vapor, pois a vitamina se perde quando exposta à altas temperaturas.

Batata
É um alimento importante para fornecer energia ao organismo, pois é rica em amido. Também carrega vitamina C e B6, que está relacionada à sensação de bem-estar. A dica é preparar a batata com casca, porque a maioria dos nutrientes fica em sua superfície. Prefira sua batatas assadas, cozidas, a vapor ou preparadas no microondas pois, dessa forma preservam o máximo de nutrientes.

Dica: Em preparações de alimentos com casca, é importante lavar o legume sob água corrente com o auxílio de uma esponja ou escova.
Se a opção for descascá-la, retire uma camada bem fina, a fim de obter o melhor aproveitamento do alimento. E, para diminuir a perda de nutrientes, o segredo é usar a quantidade de água suficiente apenas para cobrir as batatas

Repolho
Estudos indicam: pessoas que consomem boas quantidades de repolho apresentam menores chances de desenvolver câncer de cólon. O efeito protetor é atribuído a compostos, como os bioflavonóides, e outras substâncias químicas, responsáveis por inibir o crescimento de tumores e proteger as células dos danos causados pelos radicais livres.

Cozinhar o vegetal no vapor preserva a maior parte dos seus nutrientes. Os métodos de cozimento rápido também reduzirão o odor sulfuroso, liberado quando o repolho é aquecido. Outra dica é evitar cozinhá-lo em panela de alumínio para não causar a reação química que descolore o vegetal e altera seu sabor.

Espinafre
Vitaminas A e C, os minerais potássio e ferro, além do folato compõem essas folhas verde-escuras. Para evitar o cozimento excessivo, prefira preparar a vapor ou refogado rápido. Esses métodos preservam a textura e o sabor, além de minimizar a perda de muitas vitaminas que são solúveis na água. Apesar desta redução, o espinafre cozido possui um valor nutricional maior do que a versão crua.

Berinjela
Tem vitaminas A, C e folato. Podem ser cozidas, grelhadas, assadas ou ensopadas. O gosto amargo pode ser eliminado salgando a berinjela antes de cozinhá-la. Dentre os vários fitoquímicos, a antocianina - pigmento responsável pela coloração preta, vermelha, púrpura e azulada - presente na casca da berinjela, é associada à redução de colesterol ruim, o LDL;  prevenção de coágulos, do câncer e de infecções do trato urinário.

Couve-flor
Nutritiva, rica em fibras e pobre em calorias.
Para reter os seus nutrientes, cozinhe no vapor ou ferva rapidamente. Mas quando cozida por muito tempo, além de ficar mole, ainda libera compostos sulforosos. Uma alternativa para ajudar a dispersar estes compostos é cozinhá-la em uma panela sem tampa.

Pimentão
Podem ser servidos crus, cozidos a vapor ou grelhados. Além de conter vitaminas A e C, também possuem alto teor de bioflavonoides, compostos que ajudam a prevenir o câncer, e de ácidos fólicos, que inibem a formação de tumores.

Reeduque o paladar
Se você não tem o costume de comer vegetais, vá com calma. Experimente um novo sabor por dia e vá montando sua lista de favoritos. Só não dá para desistir na primeira tentativa. O organismo precisa de tempo para aceitar a introdução dos novos sabores.

Fonte: Minha Vida

2 comentários:

  1. Olá Jane!
    Adoro essas dicas e apesar de já tomar algumas dessas medidas recomendadas, é sempre bom poder atualizar e reciclar os conhecimentos.
    Gosto muito de verduras e legumes, então para mim é de extrema importância tais procedimentos!
    Muito obrigada pelas dicas!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  2. muito boas essas dicas de alimentação . Ajuda muito a gente ter uma alimentação saudável e nos sentirmos muito bem com o nosso corpo , isso nos deixa sentir mais leves!
    vou seguir as dicas '

    ResponderExcluir